Biogás / Biometano

Add Your Tooltip Text Here

O potencial de biogás e biometano no Brasil
Segundo a Associação Brasileira do Biogás (ABiogás), o país tem um potencial teórico de produção de 84,6 bilhões de metros cúbicos de biogás por ano, o que seria suficiente para suprir 40% da demanda interna de energia elétrica e 70% do consumo de diesel.
Atualidade
Atualmente, o Brasil produz cerca de 2,3 bilhões de metros cúbicos de biogás por ano, o que representa apenas 3% do potencial teórico. A produção está concentrada em usinas de biogás associadas a atividades agroindustriais, como usinas de cana-de-açúcar, suinocultura e avicultura.
Perspectivas de futuro
O país vem investindo em políticas públicas para o setor, como o RenovaBio, que incentiva a produção de biocombustíveis. Além disso, o crescimento da demanda por energia renovável e a necessidade de redução das emissões de gases de efeito estufa impulsionam o desenvolvimento do mercado.
Conexão com novos mercados
O biogás e o biometano podem se conectar com os novos mercados de carbono e hidrogênio. O biogás pode ser usado para gerar energia elétrica, que pode ser vendida no mercado de carbono. O biometano, por sua vez, pode ser usado como substituto do diesel ou do gás natural, como também para a produção do hidrogênio com pegada negativa de carbono, o que também contribui para a redução das emissões de gases de efeito estufa.
Soluções Power-to-X
O Power-to-X é um conjunto de tecnologias que permitem converter energia elétrica em outros combustíveis e produtos, tais como: Amônia, Metanol e Uréia e e-diesel. O biogás pode ser usado como fonte de energia para essas tecnologias, o que pode aumentar a competitividade do biometano no mercado.

Em resumo, o Brasil possui um enorme potencial para a produção de biogás e biometano. O setor vem crescendo nos últimos anos e deve continuar a crescer nos próximos anos, em função das políticas públicas, do crescimento da demanda por energia renovável e da necessidade de redução das emissões de gases de efeito estufa. O biogás e o biometano podem se conectar com os novos mercados de carbono e hidrogênio, bem como com as soluções Power-to-X, o que abre novas oportunidades para o setor.